sábado, 23 de janeiro de 2010

Ser e fingir.




Os homens deviam ser o que parecem ou, pelo menos, não parecerem o que não são.
(William Shakespeare)


Se tem uma coisa que realmente não me agrada é gente que finge ser o que não é.
Todo mundo conhece alguém que acha que é a criatura mais inteligente da terra e que não precisa aprender mais nada. Isso não existe.
As maiores mentes da humanidade admitiram muita vezes que desconheciam muitas coisas.
Mas o que me deixa mais intrigada é o fato de que ser você mesmo é simples e fácil e as pessoas insistem em tentar ser um personagem, o que dá muito trabalho.
Eu já tentei ser vários tipos de pessoas: já quis ser a super-inteligente, a estilosa e até a popular.
Nunca funcionou, por que eu não sou nada disso.
Eu sou simplesmente uma pessoa que aprendeu muitas coisas diferentes, inúteis para muita gente, que gosta de ler e ver coisas engraçadas, gosta de historias de romance, fantasia e magia (sim, se tem uma coisa que eu sei é sobre Harry Potter), estudo que nem louca para passar em um vestibular muito disputado com uma prova filha de uma chocadeira, não sei fazer tarefas domesticas e durmo muito bem, obrigada. Tenho um namorado que todo mundo julga ser “esquisito” e que eu acho simplesmente maravilhoso. Tenho meus amigos, cada um a seu estilo, cada um com seu gosto, mas que são leais e tem um detalhe que me chama atenção. E eu sou muito boa em falar coisa que não presta. E sou filosofa de botequim (ou melhor, filosofa de sábado à noite com os amigos).
A intenção do texto não é me apresentar, é expor a minha aceitação.
Eu não quero dizer que aceito a condição de ser assim para sempre. Eu sou assim agora, mas se eu quiser, eu mudo.
Mas eu não vou fingir mudar, não vou criar um personagem bobo.
Eu vou simplesmente evoluir a minha personalidade. Lentamente ou rapidamente? A velocidade não interessa. Interessa o resultado.
Prefiro ser assim, ignorante para uns, inteligente para outras. Do que ser como pessoas que eu conheço, que se acham tão superiores e não tem nada, só fingem ter. Gente que se finge de inteligente, mas não usa a inteligência. Gente que se acha esperta, mas parou no tempo.
Se alguém conseguir tirar alguma lição desse texto confuso e subjetivo, já vai ter valido a pena escreve-lo, mesmo parecendo insanidade.
Por que como diz a musica do Audioslave, no fim, ser você mesmo é tudo o que você pode fazer.

15 comentários:

Chris disse...

O que me deixa frustada é achar que conheço realmente alguem de depois tomar um baita susto ao perceber que estava enganada. como isso pode acontecer?

Rui disse...

Muitas fingem ser o que não é, e se enganam; outras apenas são o que são, e tbm se enganam, pq ninguém se conhece realmente. Somos um grande mistérios....

Kazuhiko disse...

Esse texto ficou incrivel.
Eu gostei d mais... tenho palpites hehehe..como sempre:

Voce realmente odeia quem finji ser o q n é...eu tamebm ...mais em partes

1º"pq as pessoas fazem isso?" pq é mais facil quando queremos ser algo se vc acreditar ser isso ou fazer com q as pessoas acreditem, tipo se as pessoas acreditam logo te forçam a ser o q vc quer ser e se vc acredita logo se tornara isso.
Vc sabe q as pessoas quando falam libera uma força tremenda que o ouvinte concorda ou nao.. ou seja 50% x 50% dai tipo se eu falo
"eu sei q sou linda mesmo" por mais q seja uma brincadeira vc quer q as pessoas acreditm nisso... dai o ouvinte passa a observar se é ou n linda, entao dai vem o 50% x 50% ou ele passa a te achar linda mesmo ou muito convencida.

no caso da sua opiniao é a parte do "muito convencida", pq tipo existe limite tambem, eu concordo com vc. É muito chato conversar com uma pessoa q fica 24h por dia se gabando, ou uma pessoa q finje ser inteligente enquanto so fala abobrinha. Mas por outro lado quando agente fala "nossa q bom q sou bonita" ou "nossa q bom q eu sou inteligente" é so uma forma de aumentar o proprio ego.

Eu mesma tenho o ego baixissimo, eu me acho horrivel burra p caralho, e as pessoas ainda me acham gente boa e bonitinha, acho q acima d tudo ta a humildade.

Tipo independente se falar q é linda ou inteligentissima, se a forma de indagar isso for de forma humilde fica ate bonito e inteligente. Mesmo sendo feia as pessoas vao achar bonito pq foi humilde ao dizer.Repara p ver.
Dai vem a velha filosofia nossa: Um cara feio e humildisin fica bonitin se for bobu fica ate engraçado, agora um cara bonitao metidao fica podre se ele bobu.

Agora o mais dificil e o ser humilde q isso vem do coraçao nee!


2ºEu te acho inteligente, vc era a melhor aluna do inglês, vc era otema aluna no colegio. Mai sinto em dizer q vc n é uma Eistein,FATO. Vc é popular (todo mundo aq em Patos te conhece ou ja ouviu falar d vc.. agora la em Basilia vc ja tem sua turminha.. aq no blog a galera comenta aq p caralho vei.

3º o Sitio n é squisito... somente... ele é estranho tambem rs... mais vejamos o Marilyn Manson ´estranho e esquisito mais é lindoo e ele foi casado 4 anos com a Dita Von Tease!!!!!!



Seu texto me fez pensar p caralho vei
ate cansei
uffa
vlw Lalah

e 4º eu tirei algo de util do seu texto : "Seja humilde".

MED MUCHSTTER disse...

"Just be you,just it". Arrasou no texto, escreveu super bem. Falou, principalmente, com o coração. O que realmente mexe com qualquer um. E perceba, que se vocÊ tentar ser o que não é, você vai viver a vida de outra pessoa, e não a sua. ENTÃO, APENAS APROVEITE O VERÃO! Beijitos MM.

Juliana Oliveira disse...

- Oi!
Amei o seu blog. Em primeiro lugar, me identifiquei muito contigo. Compartilhamos o mesmo gosto para varias inclusive para a filosofia de boteco. Impressionante. Amo HP, magia e tudo mais. Menos RPG, isso n compartilho com vc. hauhauahau, nunca
bjus

Chakal disse...

Meu tipo de texto.
=)

Alessandro "ARC" disse...

As veses são atribuido a gente, atributos que ou temos e outros que nem percebemos que os temos...
Não são apenas os outros como nós mesmos...
Com certeza ser uma pessoa cincera e que segue principios é a melhor forma de sermos nõs mesmos sempre...

Pss.: seu carater, mesmo forte, ainda esta em formação... Ainda viveremos muitas fases em nossa vida..
Lembrese sempre que vc é um ser pensante e em constante aprendizado... Seus pontos de vista mudarão varias e varias vezes...


Bjãooo e ótimoow texto como sempre

Samanta S. disse...

INCRÍVEL esse texto! como muitos seus, você escreve perfeitamente bem. me faz refletir, pensar e avaliar as coisas *-* sem palavras pra descrever! parabéns *-*

Nayara disse...

Parabéns pelo texto de novo.Você está cada dia melhor :D
Bom,é claro que existem as máscaras, mas muitas vezes esse fingimento todo não passa de uma confusão de personalidade.Ninguém é a mesma pessoa do dia anterior, sempre tem algum detalhe que diferencia e infelizmente nem sempre o detalhe acrescenta.
Talvez você não tenha tentado ser a super inteligente, a estilosa ou a popular, talvez você estivesse convencida de que foi isso mesmo naquele momento.A gente se descobre a cada dia e somos muito complexos, mas com a maturidade vem também se fixando a base da nossa "verdadeira" personalidade.

Tiêgo disse...

Own, eu penso às vezes sobre o que você acha que faz sentido. Seus textos sempre sao compreensíveis e eu adoro, assim como todos os outros que comentam!
Mas sobre o texto, acho que fingir ser quem não é pode ser perigoso. Eu não em arriscaria a tanto, já que há uma personalidade em mim a ser lapidada e estudada e eu não irei perder tempo. Simplesmente serei eu mesmo e apenas isso basta #sing.

Um beijo ;*

Juliana Oliveira disse...

- Obrigada vc pela visita. Amo visitar blogs que tem a ver comig, assim como é o seu. Pretendo vir aqui sempre. Vc escreve com verdade, o que considero essencial em um blog. Anciosa por novos posts
bjus

Pires Silva disse...

aah sheakespere *--*me ganhou
sou suuper fã dele meo
melhores frases, reflexões e afins.

um dia alcançamos ne?
o blog tá otimo, ele É otimo rs.

beijos
http://dosedetequila.blogspot.com/

Jack disse...

Texto ótimo, e nem tá confuso uhauha
Eu ja tentei mudar, tentar ser alguma coisa diferente, mas não rola, e desconfortavel - as vezes agimos diferente com certas pessoas, mas nao da pra mudar quem realmente somos. Talvez só disfarçar.

ja sou leitor assíduo do blog, parabéns ;D

Alan disse...

Tb n gosto de gente que se acha amis inteligente que os outros
afinal, eu sei que eu sou
=D

E eu n sou esquisito, as pesoas em geral que são malucas!
e avisa pra ln q se ela me comparar c o Marylin Manson de novo, ela vai ficar igual a ele!
=*

jackson disse...

gostei do texto.

porém , acho que isso se enquadra na questão de "mascáras", muitas pessoas hoje em dia usam , para mostrar uma personalidade que elas não tem.
muitas vezes "essas pessoas" usam essas mascáras para se tornarem populares, como você disse no texto.
em relação á inteligência, acho que isso é muito relativo, "exemplo que você deu = perfeito", por exemplo eu, sou uma pessoa que " não sei me comunicar muito bem com as pessoas", vários fatores fazem isso ficar cada vez mais dificil, muitas vezes tenho uma opinião formada em cabeça mas não sei expressa-lá, busco cada vez mais e mais formas para conseguir me "soltar" para expressar minha opinião abertamente.

abraço a todos